Quando a educação
não é libertadora,
o sonho do oprimido
é ser o opressor.

Leia para debater. Leia para admirar. Leia Paulo Freire.

Patrono da Educação Brasileira

Garanta já o seu livro!

CLIQUE NA SETA PARA VER OUTROS LIVROS

"Gosto de ser homem, de ser gente, porque sei que a minha passagem pelo mundo não é predeterminada, preestabelecida."

O livro Pedagogia da Autonomia nos leva a pensar sobre o que é um profundo compromisso ético na defesa da existência digna. Neste seu último livro publicado em vida, Paulo Freire aprofunda duas ideias de liberdade, verdade e autenticidade dos indivíduos, contra a lógica do capital. A partir do amor revolucionário e do rigor crítico, reflete sobre o que o ato de ensinar – e de viver – exige de todos nós.

"Se eu não tivesse sido secretário da educação, tenho a impressão de que como educador, como pensador da educação, como político, me teria faltado alguma coisa."

Saberes necessários à pratica educativa.

Junto aos textos de Freire, o livro traz o pensamento de pessoas que também lutam por uma educação pública de qualidade como Luiza Erundina de Sousa, Mário Sérgio Cortella, Lisete R. G. Arelaro e Ana Maria Saul.

“Dizer a palavra não é privilégio de alguns homens, mas direito de todos os homens.”

Saberes necessários à pratica educativa.

O livro Pedagogia do Oprimido é considerado a obra mais completa e importante de Paulo Freire. Escrito durante o exílio, quando Paulo Freire morava no Chile, em 1968. Traduzida em mais de 20 idiomas, tornou-se referência para o entendimento da prática de uma pedagogia libertadora e progressista. O livro traz os temas que sustentam a pedagogia freireana: conscientização, revolução, diálogo, cooperação, entre outras.

CONTEÚDOS GRATUITOS

FAÇA O DOWNLOAD GRATUITO DO PRIMEIRO CAPÍTULO
DOS LIVROS + PÔSTERES E ADESIVOS.

"Pedagogia da Autonomia"
Saberes necessários à pratica educativa.

baixe agora

"Direitos Humanos e
Educação Libertadora"
Gestão democrática da educação
pública na cidade de São Paulo.

baixe agora

SAIBA MAIS
SOBRE O AUTOR

PAULO FREIRE (RECIFE, 1921–SÃO PAULO, 1997) é Patrono da Educação Brasileira. Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, coordenou uma equipe que alfabetizou trezentos trabalhadores rurais em apenas quarenta horas. Esse foi o projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática.

Ao longo de sua história, recebeu 42 títulos de doutor honoris causa, além de títulos de professor emérito, distinguished educator e investigador emérito, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.

É um dos brasileiros mais célebres e um dos filósofos do século XX mais lidos em todo o mundo, segundo levantamento do Massachusetts Institute of Technology. Escreveu dezenas de livros, entre eles, Pedagogia do Oprimido, a terceira obra de ciências sociais e humanas mais citada no mundo, de acordo com a London School of Economics.

Vídeos

Freire na mídia.

Leia Paulo Freire

Cortella fala sobre Paulo Freire

Bônus

Conteúdos gratuitos de Paulo Freire.

dOWNLOAD

(PÔSTERES E ADESIVOS)

Acompanhe-nos nas redes sociais!

Entenda como
tudo começou.

Baixe grátis o 1º capítulo!